Como não cuidar da saúde para manter a qualidade de vida? É algo impossível. Por isso, algumas técnicas e intervenções cirúrgicas são essenciais para tornar a saúde efetiva e ainda melhorar a estética. O desvio de septo, por exemplo, é uma cirurgia que preza pela respiração aprimorada e, ainda, auxilia a melhorar a estética nasal.

Conforme especificação da Dra. Juliana Cardoso dos Santos, da clínica  www.hospitalotorrinobrasilia.com.br, o procedimento da cirurgia de desvio de septo nasal, tem realização a partir de anestesia local ou geral, com duração entre 1h a 2h.

Atualmente, o procedimento tem consideração com muita segurança e é descomplicada, com correção de deformidades possíveis que existem no septo nasal do indivíduo, promovendo o auxílio na respiração e solucionando demais sinais que, de modo geral, atrapalham estes indivíduos.

Como funciona?

Em grande parte destes procedimentos, não há marcas ou cicatrizes pós-cirurgia. A intervenção do desvio de septo acontece do seguinte modo:

1º – é realizado um corte estreito na região interna do nariz para fazer o descolamento da mucosa que promove a cobertura do septo. Após isso, a parte do septo que têm desvio é removida, fazendo com que o septo fique, então, posicionado no centro.

2º – a mucosa é colocada, de novo, em cima do septo e do cirurgião, podendo escolher por colocar moldes de reposicionamento do septo e da mucosa, além de tampão nasal para que se evitem hemorragias.

3º – este molde – ou splint nasal – tem sua retirada, aproximadamente, 7 dias posteriores à intervenção cirúrgica em consultório. Caso a septoplastia seja realizada pela videoendoscopia, é possível que não haja a necessidade de fazer uso de tampões nasais.

Pós-operatório

No momento da intervenção cirúrgica, é possível que exista vômito, de modo geral, com sangue escuro que engoliu-se ao longo da cirurgia. A incidência de vômitos com sangue vermelho vivo precisa ser informada aos especialistas.

Em primeiras datas posteriores ao procedimento, é possível a ocorrência de sangramentos do nariz. É comum, também, que o nariz tenha o entupimento em primeiras datas, em virtude de crostas sanguíneas que compõem esta região, e também em virtude de inchaços causados pelo procedimento.

As indicações especificadas para o pós-operatório compreendem as seguintes dicas:

  • aplicação de compressa fria no rosto, em caso de o nariz sangrar;
  • lavagem nasal, de acordo com a orientação médica;
  • a alimentação precisa ser leve em primeiras datas – evitar alimentação quente;
  • evite banho quente demais, porque também facilitam as hemorragias;
  • fique em casa, descanse, principalmente em primeiras datas do pós-operatório;
  • evite quaisquer exercícios físicos ao longo das primeiras datas do pós-operatório.

Indicação do procedimento de Desvio de Septo

A recomendação desta cirurgia é para aqueles que apresentam o desvio de septo que causa o entupimento do nariz de forma constante e, que não apresentam melhorar com tratamento médico medicamentoso. Os sintomas desta condição são:

  • sinusites de repetição;
  • dor de cabeça frequente;
  • respostas baixas aos tratamentos;
  • ronco;
  • sono diurno;
  • apneia do sono;
  • síndrome de apneia obstrutiva do sono com confirmação.

Para ter certeza do seu caso cirúrgico, consulte um especialista!

Descubra Como Devem ser os Cuidados com as Unhas Durante o Inverno

Glicerina é Poderosa para Acabar com o Ressecamento da Pele nos Dias mais Frios

(Visited 1 times, 1 visits today)

RelatedPost

Desvio de Septo: Dicas Estéticas e Saudáveis do Procedimento
Classificado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.